Características Missionárias: Sociabilidade

by Jimmy on March 1, 2009 · 0 comments postada em Como se Tornar um Missionário Eficaz

Recentemente, eu estava lendo Doutrinas do Evangelho, do Presidente Joseph F. Smith, e fiquei impressionado com um comentário que ele fez sobre a necessidade de missionários serem sociáveis, para serem eficazes.

paul-jr-mormon-missionary-italy

“Há muitos homens excelentes, mas muito poucos missionários realmente bom. As características de um bom missionário são:Um homem bastante sociável, cuja amizade seja viva e permanente, que consiga conquistar a confiança e a aprovação de homens que estejam nas trevas. Isso não pode ser feito sem preparação. É preciso fazer amizade com a pessoa, aprender a conhecê-la e conquistar sua confiança e fazer com que sinta que seu único desejo é fazer-lhe o bem e abençoá-la; então você pode transmitir-lhe sua mensagem e entregar-lhe as boas coisas que tem para lhe dar, de modo gentil e caloroso. Portanto, ao selecionar missionários, escolham os que são sociáveis, que façam amigos e não inimigos; e se não tiverem alguém assim em sua ala, treine e preparem alguns rapazes para esse trabalho”. – Doutrinas do Evangelho, Joseph F. Smith.

É interessante que o Presidente Smith disse que a sociabilidade é uma habilidade que pode ser aprendida. Certamente, a sociabilidade é algo que vem mais naturalmente para alguns que para outros. Eu, por exemplo, não sou exatamente extrovertido, portanto foi algo em que tive que trabalhar. Na primeira área em que fui designado como missionário na Argentina, havia uma menina no ramo que me chamava de Élder Sério. Nunca gostei desse apelido. Sempre me considerei uma pessoa feliz, mas o ajuste de ser “jogado” em um país estrangeiro deve ter sido um pouco esmagador e isso ficava evidente nas minhas expressões faciais. Percebendo que eu não queria que aquele apelido pegasse, esforcei-me para me tornar um missionário mais feliz e deixar que isso transparecesse. Acho que em minha terceira ou quarta área, eu tinha feito um progresso significativo. Sou daqueles a quem esse tipo de coisa vem com menos facilidade, embora eu ainda pense que fui um missionário muito eficaz. Talvez minhas outras características, como trabalho duro, fé e conhecimento ajudaram a compensar.

Élder L. Tom Perry, em seu discurso de 2007 intitulado Elevar Nossos Padrões, também discutiu a necessidade de os missionários terem boas habilidades sociais. Disse ele: “Os missionários em perspectiva também devem estar preparados com habilidades sociais [para servir uma missão]. Cada vez mais os jovens estão-se isolando dos outros, jogando videogames, usando fones de ouvido, e se comunicando por celular, e-mail, mensagens de texto, etc., em vez de pessoalmente. Muito do trabalho missionário envolve relacionar-se diretamente com as pessoas; e, a menos que subam a barra para desenvolver habilidades sociais, vocês se sentirão despreparados”.

Foto acima: Meu irmão Paul Smith Jr. na Missão Itália Catania.

Leave a Comment

Next post: